O poder do sacrifício

O poder do sacrifício

“Assim o rei Salomão excedeu a todos os reis da terra, tanto em riquezas como em sabedoria.” 1 Reis 10.23.

Salomão teve o reinado marcado por sabedoria e riquezas. Ele construiu o templo do Senhor, o palácio, o trono onde ele se sentava era todo de marfim revestido de ouro, haviam sete degraus para chegar até o trono, nas laterais tinha leões de ouro.

Ele recebia 10 toneladas de ouro por ano. A prata era como pedra que se achava na rua. Salomão e o povo de Israel eram prósperos.

Todos os reinos em volta pagavam impostos e tributos para Salomão. Não há como explicar a riqueza do rei Salomão.

Ele era perito em plantas, animais, vinhos, compositor (compôs mais de 1.000 canções e 3.000 provérbios), ele escreveu Provérbios, Cantares e Eclesiastes. Em 40 anos de reinado não houve guerras, mas paz. Seus empregados se vestiam melhor que os príncipes das outras nações.

Salomão tinha um segredo: Ele conhecia o princípio do poder do sacrifício.

Quando falamos sobre sacrifício o que vem a sua mente?  Sofrimento. Mas o sacrifício destrói o sofrimento, o sacrifício é abrir mão de algo que tem valor para conquistar algo maior ainda.

Sofrimento é uma mulher viver a vida toda estéril sem poder dar a luz, mas o sacrifício (dores, incômodos) de poder dar a luz, anula o sofrimento.

Sacrifício gera favor, traz favor de Deus. Salomão fez o sacrifício de 1.000 bois, e Deus perguntou a ele o que ele queria.

Sacrifício nos autoriza estar no altar. Altar foi feito para oferecer sacrifício. Não há pastor bem sucedido que não conheça o poder do sacrifício.

O sacrifício de Cristo anulou o sofrimento da Lei e trouxe a graça. O sacrifício faz a graça se manifestar. Veja Efésios 5.1: “Sede pois imitadores de Deus como filhos amados…Como Cristo se entregou a si mesmo a nós em sacrifício.”

Se Deus sendo Deus exerceu o princípio do sacrifício, nós temos que fazer o mesmo.

Salomão fez três grandes sacrifícios (I Reis 3.4.)

O primeiro sacrifício de Salomão: 1.000 bois 

Salomão assumiu um reino quebrado e falido. O país estava em crise financeira, Salomão perdeu seu pai, mentor, seu irmão queria dar um golpe de estado e Salomão não sabia o que fazer, mas, ele lembra de um principio que seu pai ensinara – sacrifício. Davi sabia que o sacrifício anulava o sofrimento.

Sacrifício nos da poder e faz Deus se manifestar. A mensagem da Cruz é loucura para os que se perdem, mas, para nós é poder de Deus. Qual é a mensagem da Cruz? Jesus morreu e ressuscitou. Sacrifício é loucura para o povo de fora, mas é poder de Deus pra gente.

Salomão pediu ao Senhor sabedoria, no primeiro sacrifício dele, Deus o dá riquezas e sabedoria.

O segundo sacrifício de Salomão ( 2 Cr 7.5): 22.000 bois, 120.000 ovelhas

Sacrifício é abrir mão do que tem valor para conquistar algo maior. A Shekinah de Deus entrou no templo a partir daquele sacrifício.  E Deus se manifestou com poder e disse que ouviria toda oração que fosse feita naquele lugar.

O terceiro sacrifício de Salomão

Toda vez que colocamos o sacrifício no altar, Deus se manifesta. Não confunda oferta e dízimo com sacrifício, sacrifício é algo que tem valor, que lhe custe algo.

Todas as vezes que você faz um sacrifício Deus se manifesta. Astarote era a deusa da sensualidade e os outros deuses eram os que destruíam as famílias e Salomão passou a sacrificar a esses deuses e o Senhor apareceu, se manifestou. (vs 9), mas, agora para julgar.

Toda vez que você faz um sacrifício, Deus aparece para abençoar ou julgar. A Bíblia fala sobre os deuses desse século que dominam a mente humana. Hoje você não sacrifica a Astarote, mas faz dívidas que não pode sanar.

Muitas pessoas estão sacrificando a ‘Astarote’  (vaidade) fazendo dívidas que não podem sanar. Hoje você não sacrifica aos deuses que sacrificam crianças, mas, não dá tempo para seus filhos e substitui a presença com aparelhos eletrônicos.

A quem você tem oferecido sacrifício? Ao Deus Vivo de Israel, ou a vaidade?

Sacrifício é abrir mão de algo que tem valor, para conquistar algo maior ainda. Sacrifício é jejum, oração, é pagar um preço no altar.  (Ex 12.3.) Deus mandou toda a nação de Israel pegar um cordeiro e sacrificar. Um sacrifício em uma noite, vale mais que 30 anos de clamor.

Os escravos ofereceram sacrifício. Todo homem tem condição de oferecer um sacrifício no altar.

Sacrifício traz favor de Deus e dos homens.

8 Bênçãos que vem sobre quem oferece sacrifício

  • Todos que se opuserem a sua vida Deus julgará e afastará do seu caminho;
  • Toda crise que vier não atingirá sua vida, vai passar por cima;
  • O diabo não entra nunca mais na sua casa para roubar você e sua família;
  • Os inimigos soltarão tudo que estão prendendo, pedirão perdão e ainda estenderão  a mão para ajudá-lo (a);
  • Deus traz sobre a sua vida uma grande transferência de riquezas;
  • Você terá favor dos homens e tudo que você precisa Deus levantará alguém e o ajudará;
  • Deus o sustentará e o protegerá e até no meio do deserto cuidará de você e a crise passará;
  • Deus muda você de status.

Fonte: http://getsemani.com.br/portal/?p=2001

Por Pr. Michael Aboud