Dia 20 – A importância de ter um controle financeiro

Dia 20 – A importância de ter um controle financeiro

Campanha Jejum 40 Dias - Banner MELHOR

E muito importante elaborar o orçamento doméstico. Marido e mulher devem fazer um planejamento conjunto sobre como deverão administrar as finanças.

A questão não é complicada. Basta colocar num papel o valor das entradas financeiras, e ao lado os valores das saídas baseadas nos compromissos e necessidades mensais e no final somar o total das entradas e o total das saídas. Se houver mais saídas que entradas, você devera cortar gastos, até que os valores de entrada e saída estejam iguais.

Aqui estão alguns princípios que ajudarão você e sua família a ter as finanças sob controle.

1. Separe o dizimo e as ofertas para Deus.

Em primeiro lugar, devemos separar nossos dízimos e ofertas. Deus exige de nós as primícias, o que significa que as primeiras coisas são para Ele. Se realmente Ele é o primeiro em nossas vidas, isto deverá ser comprovado em nossas finanças.

Veja o que Deus diz sobre dízimos e ofertas:

“Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: Como é que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Vocês estão debaixo de grande maldição porque estão me roubando a nação toda esta me roubando. Tragam o dizimo todo ao deposito do templo para que haja alimento em minha casa. Ponham-me prova diz o SENHOR dos Exércitos, e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bençãos que nem terão onde guarda-las” (Malaquias 3.8-10).

Deus é fiel e exige de nos fidelidade. Quando separamos nas nossas finanças em primeiro lugar o dízimo e as ofertas, experimentamos a realidade da fidelidade de Deus suprindo as nossas necessidades.Além disso,a nossa contribuição para o Reino de Deus é uma demonstração de que o aceitamos como dono de nossas vidas e nosso Senhor, entendendo que tudo pertence a Ele e somos seus colaboradores para o avanço do seu Reino aqui na terra.

Na igreja que Deus me deu o privilégio de pastorear, os membros são responsáveis de entregarem a Deus os dízimos e, além disso, a oferta Missionaria de Fé para o sustento dos nossos missionários. Quantos testemunhos das bençãos e da fidelidade de Deus, como resultado da nossa fidelidade a Ele

2. Anote as outras prioridades.

Na elaboração do seu orçamento, coloque depois dos dízimos e ofertas aquilo que é básico para a vida da sua família: Aluguel ou prestação da casa, alimentação, taxa de condomínio, água e luz, escola, material escolar, e demais despesas em ordem de prioridade.

A esta altura é muito importante comparar seu orçamento com os princípios da Palavra e ver onde aparecem as influencias e pressões do sistema deste mundo. Por exemplo, colocar no orçamento algum artigo de marca cara, isso deve ser analisado e cortado. Por outro lado, sempre perguntar: Realmente precisamos disso? E responder sem emoções.

3. Não se meta em dividas.

O rico domina sobre o pobre, quem toma emprestado é escravo de quem empresta (Provérbios 22.7).

Aqui esta outra influencia do sistema deste mundo: as dívidas. Muito cuidado, porque o sistema financeiro quer enlaçar você com suas ofertas. Diga não a empréstimos, cartões de crédito e ao cheque especial no seu banco.

O texto afirma que quem toma emprestado é escravo de quem empresta, e isto é uma grande realidade. Você pode aplicar isto a nível pessoal se você pede emprestado para alguém, naturalmente entra numa situação de peso, toda vez que encontra essa pessoa, porque existe um compromisso que devera ser saldado. A nível institucional também. Você se enreda em dividas com empresas financeiras e acaba tornando-se escravo delas.

Porém, algumas exceções que são necessárias. Por exemplo,você deve orar fazer planos para a compra de uma casa própria, utilizando o financiamento do sistema financeiro dos bancos, porque se você não comprar a casa, de uma forma ou de outra terá que pagar aluguel, e é mais prudente fazer um esforço e utilizar esse dinheiro na compra de algo mais estável para a sua família.

Cuidado com as ofertas que aparecem nas propagandas: tudo em 10x sem juros. Não deixe se enganar, os juros estão embutidos nessas 10 prestações, e você esta entrando numa situação de perda do controle de suas finanças. É muito melhor você economizar o dinheiro numa poupança e negociar a compra a vista, onde você poderá ter um bom desconto. Não se meta em dividas.

4. Não seja fiador.

O livro de Provérbios esta repleto de orientações sobre o perigo de se tornar fiador de alguém. É um livro de sabedoria, e devemos acatar suas orientações para uma vida abundante. Vejam alguns dos textos sobre tornar-se fiador:

Meu filho, se você serviu de fiador do seu próximo, se, com um aperto de mãos, empenhou-se por um estranho e caiu na armadilha das palavras que você mesmo disse, está prisioneiro do que falou. Então, meu filho, uma vez que você caiu nas mãos do seu próximo vá e humilhe-se; insista, incomode o seu próximo! Não se entregue ao sono, não procure descansar. Livre-se como a gazela se livra do caçador, como a ave do laço que a pode prender. (Provérbios 6.1-5)

Quem serve de fiador certamente sofrerá, mas quem se nega a faze-lo está seguro (Provérbios 11.15)

O homem sem juízo com um aperto de mãos se compromete e se torna fiador do seu próximo (Provérbios 17.18)

Não seja como aqueles que, com um aperto de mãos, empenham-se com outros e se tornam fiadores de dividas; se você não tem como pagá-las por que correr o risco de perder até a cama em que dorme? (Provérbios 22.26-27).

Ser fiador de alguém é assumir o compromisso de que se a pessoa não pagar a divida, você é obrigado a paga-la, e o pior é que pode perder seu patrimônio se você também não conseguir pagar. Habitualmente quando alguém assume esse compromisso, o faz na suposição de que tudo correrá normalmente na vida da pessoa, mas nenhuma pessoa tem garantia do seu futuro. Pode acontecer algo como enfermidades, desemprego, alguma catástrofe, e outras coisas mais,onde a pessoa não tem condições de quitar o seu compromisso e, no final, o fiador sera o responsável pela divida.

Eu fiz um acordo com a minha esposa de não sermos fiadores de ninguém. Quando alguém me pede para ser, primeiro eu afirmo que a Palavra de Deus não me autoriza, segundo, explico que tenho um compromisso com a minha esposa de não sermos fiadores por obediência a Bíblia.

Hoje em dia ha um seguro de aluguel, que facilita muito a vida de quem precisa alugar uma casa.

Não seja fiador e assim você não comprometera a paz e a segurança de sua família.

Ore por você:

  1. Para que o Reino de Deus seja prioridade em sua vida.
  2. Para que Deus lhe conceda sabedoria para administrar as finanças.
  3. Para que você possa honrar ao Senhor no uso do dinheiro, talentos e bens.

Ore pelos outros:

Ore por famílias cristãs que foram atacadas por extremistas em Bangladesh.

As casas foram saqueadas e os moradores agredidos brutalmente.

Peca a Deus que, apesar do medo, esses irmãos perseverem na fé m Jesus.

Versículo para memorizar

Honre ao Senhor com todos os seus recursos. (Provérbios 3:9)