Auto Sabotagem

Auto Sabotagem

Aprenda a Exterminar

Sabe aquela situação que insistentemente se repete em sua vida, mesmo após você ter jurado que jamais passaria por tudo aquilo novamente?

Quando somos nós que contribuímos inconscientemente para que tudo aconteça de errado, dá-se o nome a isto de auto sabotagem ou auto boicote.

E você? Se considera uma pessoa que nasceu para dar certo?

Como você reage frente as dificuldades da sua vida?

Espero que você não seja do tipo que reclama de tudo, que se acha injustiçado toda vez que algo dá errado. Pois dependendo do tipo de atitude que tens como “não fazer nada” é relativamente proporcional ao sofrimento.

Quem muito reclama – muito sofre.

Se você compreende que tudo o que acontece é provocado por você, então a única coisa a fazer é mudar.

A pessoa sabe quando se auto sabota?

A resposta é: na maioria das vezes “não”.

Auto sabotagem provoca prejuízo, mas nem sempre a pessoa se dá conta do que está fazendo contra ela mesma, geralmente culpa o destino por tudo que acontece.

Como acontece o auto boicote?

Uma pessoa pode desenvolver no decorrer da vida comportamentos repetitivos prejudiciais e passar a responder não de forma circunstancial, mas de um jeito automatizado.

Às vezes, esse aprendizado pode vir da fase infantil, quando a criança é controlada pelo adulto, vindo a fortalecer a inadequação por experiências então adquiridas no decorrer da vida.

O auto sabotador cria um teor relacionado a circunstâncias passadas e negativas, que com o passar do tempo a mente impede que ele tome certas atitudes, mesmo sem razões lógicas aparentes. Ou também, pode ser que tenha acontecido algo na vida desta pessoa que remeteu a um sentimento de pouco valor.

Quando o mínimo é aceito como “bom” a pessoa passa então a suportar tudo, mantendo esta repetição sem se atentar, pois já está acostumada com isso.

Pode ocorrer de sentimentos como raiva, tristeza, frustração, ressentimento, culpa etc., contribuir fatalmente para a auto sabotagem.

Por que o auto boicote continua apesar dos danos?

Algumas pessoas criam resistências com o que é novo, então, continuam com os comportamentos antigos mesmo que tragam tristeza, outras se acostumaram com a situação de nunca serem felizes de verdade, aliás, muitas nem sabem o que é ser feliz.

Talvez de forma que não perceba, alguém pode agir por meio de auto sabotagens por temer arriscar-se e correr algum perigo. Porém, ao se prender a um problema a situação poderá sempre fazer parte da vida.

Crenças negativas também podem tomar o controle e limitar a liberdade para escolher bem, pois controlam nosso comportamento. Por exemplo, se um jovem acredita que não passar no vestibular é algo ruim, poderá a partir disso fazer de tudo para evitá-lo, como: não se decidindo em escolher uma área, repetindo o ensino médio várias vezes, e assim por diante.

Às vezes a pessoa repete o comportamento que já conhece para ficar bem, mesmo sendo algo negativo. De forma errada aprendeu que era a atitude certa a ser tomada, e neste caso, a desculpa é a resposta pronta para evitar a mudança.

O resultado do auto boicote é negativo, podendo trazer sentimento de tristeza e desesperança.

A exterminação do auto boicote

Estar em harmonia e trabalhar para crescer sempre é possível, desde que a pessoa perceba o que está ocorrendo, e que tal situação é insustentável.

Uma pessoa que se auto boicota é obrigada a se superar para conseguir vencer na vida.

Se você é um auto sabotador também deve ser um bom observador, para analisar em si mesmo as principais dificuldades que precisa superar.

Cada um traz em si mesmo os meios necessários para o seu próprio melhoramento.

A maior virtude que uma pessoa pode ter não é o dinheiro, mas ser forte o suficiente para vencer o limitador que há dentro de si mesmo.

Aquele que se auto boicota é alguém que conheceu muitas dificuldades, também que já se levantou muitas vezes; seria uma virtude se não se repetisse tanto em sua vida a “dor”.

Cada problema, cada dificuldade, faz você crescer e se desenvolver; para melhorar é preciso uma palavra-chave “aprender ”. Aprender a ser diferente, ter uma visão aberta as possibilidades e querer ser feliz.

O auto sabotador precisa reconhecer que cada dificuldade em situações que se repetem é uma oportunidade que a vida lhe proporciona para aprender e agir com postura diferente.

Ficar reclamando, maldizendo não adianta, isso só mantem o problema. Se você olhar para traz verá que muitas pessoas gostariam de estar no seu lugar.

É preciso lembrar ainda que por mais que alguém deseje muito ser feliz, pode sentir dificuldade em se permitir isso.

Quando uma pessoa age como se não fosse merecedora de algo melhor, pode permanecer no mesmo padrão de comportamento durante anos, ainda que custe muito sofrimento e dor.

Não importa qual seja a crença limitante, é só pensar no que já conseguiu superar, e a partir disso, acreditar na possibilidade de ser feliz.

No entanto, é preciso se permitir, sem carregar a sensação de estar fazendo algo errado.

Buscar a evolução é tarefa pessoal de cada um, e ninguém mais do que a própria pessoa é responsável pelo crescimento.

Mesmo que a capacidade aponte para outra direção o auto sabotador tirará completamente suas possibilidades de crescer. Somente a consciência e a mudança de atitude poderão mudar sua história.

O auto sabotador tem que enfrentar a si mesmo.

É no enfrentamento dos obstáculos que nos tornamos fortes.

É nos obstáculos que encontramos em nós a verdadeira força interior, algo que não ocorreria se tudo estivesse bem. Ou você acha que para ser um vencedor é preciso ser famoso e rico?

Exemplos mais comuns de auto boicote

  • Uma pessoa traída diz que jamais vai passar por isto novamente. Após um tempo se envolve num relacionamento igual ao anterior.
  • Um profissional trabalha numa empresa e é humilhado pelo gestor ou enganado pelos colegas. Promete que tudo será diferente em outro lugar. Posteriormente muda de local e a mesma história se repete no novo emprego.
  • Uma pessoa diz que irá fazer regime, porque está muito acima do peso. Na primeira crise de ansiedade come exageradamente tudo que vê pela frente, principalmente alimentos ricos em calorias.
  • Alguém fala que não está feliz, mas quando sente alegria já acha que algo ruim vai acontecer para estragar tudo e realmente acontece.
  • Uma pessoa insiste em investir seu coração num relacionamento que traz insegurança mesmo sabendo que não dará certo.
  • Gasto exagerado com o que não precisa e jamais usa.

Fonte: https://www.psicorientacao.com/auto-sabotagem

Bom as vezes imputamos culpas por situações em nossas vidas àqueles que não a tem, como na religião ouvimos sempre dizer: “Isso foi o inimigo”, ou “é tudo culpa do meu cônjuge”, enfim diversas outras, mas saibam identificar pois não quero hoje fazer nenhuma apologia a ninguém ou coisa alguma, porém nossas decisões definem nosso futuro e sendo assim para não nos auto sabotarmos pensemos bem e tomemos as decisões certas em todas as esferas de nossa vida. Difícil? Claro que é! Porém não impossível!

Um abraço grande. Comentem, participem, siga-me nas redes sociais.

 

Facebook Logo Instagram Logo Twitter LogoYouTube LOGOsnapcode